"Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham, nem fiam. E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles".

quarta-feira, 21 de abril de 2010

LITERATURA BRASILEIRA

.

Nossa intenção é a de propiciar aos discentes do curso de graduação em letras, um vasto conhecimento sobre as condicionantes relacionadas à história da literatura no Brasil. Eis, a seguir, alguns dos estudos a serem abordados:

Enquanto colônia de Portugal, os primeiros textos produzidos por aqui eram de cunho exclusivamente informativo ou catequizador, buscando a conquista, tanto material quanto espiritual.

É importante frisar que nos movimentos ligados ao período Barroco, Arcadismo e Romantismo, apesar de contarmos com farta produção em solo brasileiro, tratavam-se de escritos elaborados por escritores lusos ou que transitavam entre as duas culturas. Somente a partir do amadurecimento e solidificação das instituições no país, aproximadamente na mesma época em que se iniciava o período do Realismo na literatura, observam-se publicações genuinamente nacionais com grandes nomes das letras, destacando-se, entre tantos, a figura de Machado de Assis.

Com o advento da República e a passagem para o século XX, nossa literatura conquistou status de grandeza. O simbolista Cruz e Sousa, por exemplo, chegou a ser comparado com os grandes mestres europeus.

A Semana de Arte Moderna, realizada em 1922, marcou profundamente o fenômeno literário no Brasil, fixando nomes como o de Mário de Andrade e Manuel Bandeira. O período que se seguiu, voltado para o social, projetou nomes como o de Graciliano Ramos, Raquel de Queirós, Guimarães Rosa, Carlos Drummond, Vinícius de Moraes e Ferreira Gullar, entre tantos outros.

..

BIBLIOGRAFIA:

AMORA, A S. A Literatura Brasileira: O Romantismo. São Paulo: Cultrix, 1975, v. 1

BOSI, A. A Literatura Brasileira: O Pré-Modernismo. 4.ed. São Paulo: Cultrix, 1973, v. 5.

BOSI, Alfredo. História Concisa da Literatura Brasileira. 44ª ed. São Paulo: Cultrix, 2007

CASTELLO, J.A. A literatura Brasileira: Manifestações literárias do período colonial. 3ª ed. São Paulo: Cultrix, 1975, v. 1.

COUTINHO, A. Introdução à Literatura Brasileira. 6.ed. Rio de Janeiro: Distribuidora de Livros Escolares Ltda., 1970.

MARTINS, W. A Literatura Brasileira: O Modernismo. São Paulo: Cultrix, 1967, v. 6.

MELLO DE SOUSA, A. C. & CASTELLO, J.A. Presença da Literatura Brasileira. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1968, 3v.

MELLO DE SOUSA, A. C. Formação da Literatura Brasileira. 3ª ed. São Paulo: Martins, 1969, 2v.

MOISES, M. A Literatura Brasileira: O Simbolismo. São Paulo: Cultrix, 1967, v.4.

PACHECO, J. A Literatura Brasileira: O Realismo. 4.ed. São Paulo: Cultrix, 1971, v. 3.

.

.

2 comentários:

Fernando Martinez disse...

valeu pela intenção de repassar conhecimento

joyce disse...

Particularmente,é muito bom ler esses tipos de sites,cujos os autores tenham enganjamento ,muito conhecimento e principalmente,amam o que fazem.Fico muito feliz ao depara-me com pessoas que fazem da nossa história literária uma ponte onde interligam águas antigas e águas atuais.Termino aqui o meu comentário parabenizando o site ,pela demonstração da nossa cultura com tanto carinho.Voltarei mais vezes e gostaria de encontrar novidades por aqui...Beijos para todos.
Joyce Estani♥